Setor 5 - Cachopo a Barranco do Velho - 29,50 km
Trilho espetacular, mas exigente, pelos cumes e vales verdejantes da Serra do Caldeirão. Delicie-se com os sabores dos produtos locais.
Setor 5 - Cachopo a Barranco do Velho - 29,50 km
Ponto de Partida
Grau De Dificuldade
V - Muito Difícil
Altitude Mínima
257 m
Altitude Máxima
501 m (Alcaria Alta)
Disponibilidade De Água
Sim
Extensão
29,50 km
Duração
8 h (aprox.)
Subida Acumulada
1733 m
Descida Acumulada
1619 m
Mercearias Locais
Sim
Ponto de Partida
Grau De Dificuldade
V - Muito Difícil
Altitude Mínima
257 m
Altitude Máxima
501 m (Alcaria Alta)
Disponibilidade De Água
Sim
Extensão
29,50 km
Duração
8 h (aprox.)
Subida Acumulada
1733 m
Descida Acumulada
1619 m
Mercearias Locais
Sim
Descrição do itinerário

No 5º setor espera-o uma paisagem espectacular, mas também um dos dias mais exigentes e difíceis desta jornada. Vai caminhar em plena Serra do Mú ou do Caldeirão, com um relevo muito sinuoso e acidentado. As subidas levam-no até cumes de onde tem vistas panorâmicas inesquecíveis e onde vai querer aproveitar para respi­rar bem fundo. As descidas seguem ao encontro de vales verdejantes e linhas de água.

Sai do centro de Cachopo rumo a ocidente, por uma bela paisagem florestal com sobrei­ros e densos matos de medronheiros, urzes e estevas. Passa por pequenos aglomerados habitacionais: Currais, onde encontra à venda produtos típicos da serra, incluindo aguardente de medronho e mel; Alca­ria Alta, com uma fascinante panorâmica sobre a serra; e por fim, Castelão, onde pode apreciar a arquitetura tradicional.

Chegamos depois à Ribeira de Odeleite, um local de inegável be­leza natural. Aproveite para um merecido descanso, antes de iniciar a longa ascensão até Parises.

Parises é um local de paragem obrigatório para recompor as energias após o esforço anterior. É também aqui que encontra a Ligação 1 - Via Algarviana (Parises) até São Brás de Alportel. Se fizer esta ligação, reserve algum tempo para visitar a bonita e tradicional vila de São Brás de Alportel. 

Voltamos ao nosso ponto de descanso, em Parises, e caminhamos em direção a Oeste. Atravessam-se os Barrancos do Bufo, Javali e o Corgo de Loulé. Atinge-se o Cerro da Relva, onde a vista é ampla: a Norte, vemos os Mon­tes Novos; a Este, Parises; e a Oeste, o Barranco do Velho.

O caminho segue para a foz da Ribeira do Vale Formoso, afluente da Ribeira de Odeleite. Na divisão entre os concelhos de São Brás de Alportel e Loulé, intercetamos a PR5 LLE - Percurso Pedestre dos Montes Novos, cujo traçado partilhamos durante cerca de 1 km. No local onde este trilho se separa do nosso, começamos a intercetar a Ligação 6 - Ameixial à Via Algarviana (Barranco do Velho). Deste ponto até ao Barranco do Velho ainda há algumas subidas, mas a beleza da serra vai continuar a surpreendê-lo.

Já na povoação de Barranco do Velho, junto à sede da APFSC - Associação de Produtores Florestais da Serra do Caldeirão, mais uma interceção: partilhamos o traçado da PR17 LLE – Percurso Pedestre do Barranco do Velho num caminho muito bonito, com bastante sombra e com os sobreiros a preencher a paisagem.

Aqui, a cortiça ainda tem muito valor económico. Vale bem a pena conhe­cer melhor a povoação, experimentar e comprar os produtos da terra no restaurante, na loja de artesanato e na destilaria de aguardente de medronho.

 

O que pode ver?

» PATRIMÓNIO HISTÓRICO, ARQUEOLÓGICO E RELIGIOSO

  • Fontes, fontanários e antigos tanques de rega;
  • Casa dos Cantoneiros;
  • Igreja de Barranco do Velho (de 1944);
  • Fonte Férrea no Barranco do Velho;
  • Produção de cortiça.


» NATUREZA

Integrada na Rede Natura 2000 (Sítio “Caldeirão” PTCON0057), esta foi uma das áreas mais importantes no Algarve para espécies emblemáticas como o Gato-bravo (Felis silvestris) e o Lince-ibérico (Lynx pardinus).

Na vegetação natural destaque para os densos bosques de sobreiro (Quercus suber), sob os quais se desenvolvem estevais (Cistus ladanifer), medronhais (Arbutus unedo) e urzais (Erica sp.), entre outras espécies.

Os sobreirais são das zonas mais ricas em biodiversidade. No concelho de São Brás de Alportel, a extracção de cortiça teve e continua a ter uma elevada importância na economia local. A cortiça que aqui é extra possui da melhor qualidade a nível nacional.

No que toca à avifauna, destaque para a Águia-perdigueira (Aquila fasciata), o Bufo-real (Bubo bubo), a Águia-cobreira (Circaetus gallicus) ou o Gavião (Accipiter nisus). Poderá também encontrar várias espécies de passeriformes como a Felosinha-ibérica (Phylloscopus ibericus), o Chapim-de-poupa (Lophophanes cristatus) ou a Toutinegra-do-mato (Sylvia undata).

Esta é também uma zona importante para diversos mamíferos, como a Fuinha (Martes foina) ou o Texugo (Meles meles).

No inverno também se encontram cogumelos. Mas atenção: nunca deverá colher e/ou cozinhá-los se não souber identificá-los e não conseguir ter 100% de segurança de que não são tóxicos.



» LOCAIS DE APOIO E DESCANSO AO LONGO DO PERCURSO

  • Parises


Nota: Existe a possibilidade de dividir este setor em dois mais curtos, percorrendo de Cachopo a Feiteira no primeiro dia, e de Feiteira a Barranco do Velho no segundo.

 

» MULTIBANCO

  • Cachopo

 

Contactos Úteis
  • Associação Almargem: (+351) 289 412 959
  • Associação In Loco: (+351) 289 840 860
  • Associação Turismo do Algarve: (+351) 289 800 403
  • Bombeiros Municipais de Cachopo: (+351) 281 322 122
  • Bombeiros Municipais de Loulé: (+351) 289 400 560
  • Bombeiros Voluntários São Brás de Alportel: (+351) 289 842 666
  • Câmara Municipal de Loulé: (+351) 289 400 600
  • Câmara Municipal de São Brás de Alportel: (+351) 289 842 616
  • Câmara Municipal de Tavira: (+351) 281 320 500
  • Extensão de Saúde de Cachopo: (+351) 289 844 135
  • GNR de Loulé: (+351) 289 410 490
  • GNR de Tavira: (+351) 281 329 030
  • GNR São Brás de Alportel: (+351) 289 840 800
  • Junta de Freguesia de Cachopo: (+351) 289 844 112
  • Junta de Freguesia de Salir: (+351) 289 489 119
  • Junta de Freguesia de São Brás de Alportel: (+351) 289 842 174
  • Posto de Turismo de São Brás de Alportel: (+351) 289 843 165
  • Posto de Turismo de Loulé: (+351) 289 463 900
  • Em caso de emergência ligue: 112
  • Se detetar um incêndio ligue: 117

Mais informação?

Descarregue estes ficheiros.
E boa caminhada!

Track GPX: Setor 5 - Cachopo a Barranco do Velho
Track KML: Setor 5 - Cachopo a Barranco do Velho